[Oficina – Coart/UERJ] Oficina de poesia: da matéria-prima à composição – 2020.1

DA MATÉRIA PRIMA À COMPOSIÇÃO

Prof.: Rafael Zacca
2020.1 | Carga horária: 32h   (12 encontros)
Seg. 15h-18h

PROPOSTA

Uma oficina de fundamentos para quem quer começar a escrever ou desenvolver a sua escrita. Estudaremos juntos alguns conceitos básicos que concernem ao poema e à composição poética em geral. Simultaneamente, testaremos ferramentas e dispositivos para a criação. Em meio a tudo isso, leremos um bocado de poetas vivxs.

PROGRAMA

Aula 1 – Apresentação do curso – o que é o poema? Algumas respostas inconclusivas

Aula 2 – A materialidade das palavras. Técnicas de imanência e analogia.
[Leitura: Octavio Paz, O arco e a lira, “”, pp. ]

Aula 3 – Limites do verso. Técnicas de cavalgamento e parataxe.
[Leitura: Giorgio Agamben, Ideia da prosa, “Ideia da prosa”, pp. ]

Aula 4 – Limites da prosa. Técnicas de contenção e transbordamento. Sintaxe e (de novo) parataxe.
[Leitura: Décio Pignatari, O que é comunicação poética, “Poesia não-linear, poesia não-verbal”, pp. 48-60]

Aula 5 – Lanternagem. A fala franca, o olho no olho, e o aviso do feijão no dente.
[Leitura: Ezra Pound, ABC da Literatura, “”, pp. ]

Aula 6 – As dimensões do poema segundo Ezra Pound: melopeia, fanopeia e logopeia.
[Leitura: Ezra Pound, ABC da Literatura, “”, pp. ]

Aula 7 – Símbolo e alegoria.
[Leitura: ]

Aula 8 – O escudo de Aquiles. Sustentando a metáfora.
[Leitura: Oficina experimental de poesia, Almanaque rebolado, “”, pp. ]

Aula 9 – “Eu sou ninguém”. Personagens com e sem fundo.
[Leitura: Rafael Zacca, “Sem juízo nenhum: dívidas, vidas culpadas e a poesia de Lucas Matos”, na revista Escamandro]

Aula 10 – Escrever com e contra o passado.
[Leitura: Anne Carson, “A tarefa de quem traduz Antígona”]

Aula 11 – Arte como procedimento e criação como programa.
[Leitura: Victor Chklovski, “A arte como procedimento”]

Aula 12 – Catar feijão ou caçar em vão? Transpiração e inspiração na composição.
[Leitura: ]