Arquivo da categoria: conversa infinita

Pesquisa atual:

“Para uma crítica do poema como crítica da vida: Walter Benjamin, intérprete de sonhos da humanidade”, desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio. Trata-se de um desdobramento da pesquisa de mestrado desenvolvida na UFF, intitulada “Invervações: Materialismo e Estética em Walter Benjamin”.

Link para o currículo lattes: http://lattes.cnpq.br/9636653089959213

Dissertação de Mestrado (Filosofia / UFF):

> “Inervações”: Estética e Materialismo em Walter Benjamin

Participação em núcleos de pesquisa:

> Núcleo de Pesquisa Correspondências: Adorno e Benjamin

Participação em coletâneas:

> Poesia contemporânea: reconfigurações do sensível (no prelo): com um capítulo intitulado “4 poemas contemporâneos atravessam a rua sem cuidado”
> Estética moderna e contemporânea (Relicário, 2017): com um capítulo sobre “Aparência e verdade em Walter Benjamin e Sigmund Freud”.
> Helio Oiticica para além dos mitos (2016, CMAHO): com o capítulo “Éden é o mundo: só tem razão de existir os inventores”

Publicações dispersas:

> “Do conceito de Gehalt em Walter Benjamin“: revista Limiar, vol. 3, nº6
> “Distração: atitude heróica diante da metrópole“: revista FronteiraZ, nº16
> “As máscaras da negatividade: o feminino na Odisseia“: revista Exagium, nº 12
> “A palavra roçada: Memória, Tradução e Neobarroco na poesia de Josely Vianna Baptista“: revista Escrita, nº 19.
> “Wim Wenders leitor de Walter Benjamin“: revista Escrita, nº16
> “Charles Baudelaire e a Modernidade“: artigo paradidático para o Núcleo de Estudos Contemporâneos do curso de História da UFF