Arquivo da tag: Mariana Botelho

Beijo grego | Oficina Experimental de Poesia

Em 2015, ofereci uma oficina de tradução pt-pt na Oficina Experimental de Poesia. Reproduzo aqui o texto que publiquei à época no site do coletivo.

Com a oficina “Beijo grego”, propus exercícios para a tradução de poemas do português para o português. A partir de uma tradução coletiva do poema de Manuel Bandeira (“A Realidade e a Imagem”), partimos para a tradução individual de um poema contemporâneo. Foram traduzidos poemas de Mariana Botelho, Leonardo Marona, Lucas Matos e de Augusto Meneghin.

Os resultados foram impressionantes. Cada transcriador (esse tradutor que assume a sua inventividade) privilegiou diferentes aspectos dos poemas para a sua tradução. Continuar lendo